sábado, 13 de novembro de 2010

Trabalho Infantil - Problema Sério!!

Trabalho Infantil – Infância Roubada e Direitos Perdidos




Trabalho infantil
Na hora da necessidade, muitas famílias se veem obrigadas a recorrer a ajuda para sobreviver, mas nem todos são responsáveis na sua escolha. Por isso, muitas crianças acabam perdendo a sua infância, direito de brincar, ao serem obrigadas a trabalhar para sustentar uma casa. Segundos dados do IBGE, as regiões mais pobres do Brasil, como o Norte, sofrem mais com esse problema. No entanto, é na região agrícola, no interior, que a situação atinge maiores proporções. Basicamente, cerca de dez por cento das crianças brasileiras, dos 5 aos 17 anos, já faz algum tipo de trabalho remunerado.
Vale ressaltar que os jovens entre os 14 e os 16 têm permissão para trabalhar na condição de aprendizes. A partir dos 16, o trabalho só é permitido desde que não seja perigoso, não seja à noite ou atrapalhe a escola. Apesar de não ser uma das regiões mais pobres do país e ter uma boa qualidade de vida, no geral, a região sul é a que tem o maior número de casos registrados atualmente. A concentração de crianças trabalhando nas áreas agrícolas não impede, no entanto, de haver números alarmantes de trabalho infantil . 

Trabalho de Criança é na Escola

direitos da criança


educação pública oferecida no Brasil ainda não é uma alternativa atraente para milhares de famílias brasileiras. Com baixa qualificação para o mercado de trabalho, muitos acabam acreditando que a escola é perda de tempo, em vez de um investimento futuro. Muitas famílias não sabem que estudo é direito da criança. As imagens que a mídia reproduz mostram crianças nas lavouras em condições precárias e subumanas, carregando peso, feridas, sujas e mal alimentadas. Nas grandes cidades, crianças podem ser vistas vendendo doces nos sinais de trânsito e nos transportes públicos. Algumas fazem truques de malabarismo para ganhar dinheiro, enquanto os pais as vigiam de longe. Outras estão em situação ainda pior, pois já nem trabalham para sustentar uma casa: viciadas em crack e outros entorpecentes, elas roubam prostituem-se para comprar drogas.

Tudo isso vai contribuir, no futuro, para a formação de mais uma geração carente de adultos. A infância roubada, a carência alimentar, a falta de apoio e o sofrimento vai levar muitos desses pequenos seres ao crime, enquanto outros sofrerão com as consequências da baixa qualificação em empregos mal pagos, sendo obrigados a forçar os filhos a ajudar nas despesas, fechando um círculo vicioso que só pode ser quebrado com a educação formal. Ela ajuda no desenvolvimento infantil, dando ferramentas de sociabilidade e integração e prepara o indivíduo para o mercado de trabalho. A educação de qualidade é tão efetiva que, no Brasil, o salário de uma pessoa pode aumentar em cerca de 80% quando esta se forma na faculdade.

2 comentários:

  1. Gosto muito dos artigos de ótima qualidade do seu Blog. Quando for possível dá uma passadinha para ver nosso Curso de Informática Online. Daienne.

    ResponderExcluir
  2. Olá Daienne!
    Que ótimo!
    Obrigada pela visita e comentário.Visitarei o site.

    ResponderExcluir

Não serão aprovados os comentários:

* ofensivos/com palavrões;
* não relacionados ao tema do post;
* com SPAM;

* Para outros assuntos:
Entre em Contato - rosemaryqsilva@gmail.com.br
* Todos os comentários serão respondidos AQUI.
* Comente, opine, discorde, concorde etc. Por favor, sugira por e-mail.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails